Banco da Inglaterra revela blockchain de validação de conceito para o compartilhamento de data

O Bank of England (BoE), Banco Central Britânico, publicou um conceito de validação que analisa as possibilidades de permitir usuários a compartilhar dados em uma rede segura. O banco, em parceria com a Chain, provedor de infraestrutura em blockchains, examina problemas e trabalha com possíveis soluções.

Enquanto a validação não é implementada na prática, ambas as companhias tentaram responder questões surgidas após o desenvolvimento de um sistema de redes distribuídas. Por exemplo, permitir que participantes ao redor do mundo compartilhem uma rede blockchain levanta questões à respeito de privacidade. Em tais casos, mesmo com o uso de criptografia, usuários mal intencionados podem achar meios de acessar transações de terceiros. O Bank of England usou uma autoridade central e um regulador como exemplos. Se ambos estiverem compartilhando informações e transferindo ativos, transações devem ser ocultas a outros usuários. Adicionalmente, deve-se assegurar que pessoas envolvidas no processo não devem ter visibilidade total dos detalhes de transações.

Usar técnicas de encriptação não garante segurança completa contra ataques. Um dos meios de se evitar isto inclui criar uma rede parcialmente distribuída onde “data não é só compartilhada entre os participantes diretamente envolvidos em cada transação.” No entanto, isto poderia reduzir a resiliência e acabar trabalhando contra a ideia de sistemas de redes distribuídas.

O Bank of England, reportou que no caso ideal, aumentando a privacidade dos usuários e “mantendo data compartilhada na rede”, está ainda em um estágio inicial, mas é “teoricamente possível”.

“As trocas ainda devem ser exploradas, especialmente em relação à escalabilidade, velocidade de processamento de transação e riscos em segurança das técnicas de criptografia utilizadas.”

Fintech Accelerator

BoE lançou um programa chamado “Fintech Accelerator” em 2016 para achar soluções para problemas enfrentados por bancos centrais, formando um time de empresas fintech. Esta ”PoC” fica entre as 12 outras publicadas pelo banco em seu website. BoE já fez parceria com outras cias, incluindo Ripple, Enforcd, MindBridge Analytics Inc, PwC e BitSight. Diferentemente de iniciativas blockchain, criptomoedas ainda não são vistas com bons olhos pelo banco. O governador do BoE, Mark Carney, disse durante a Conferência Econômica Escocesa, que criptomoedas estão “falhando” como dinheiro.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This