Advogado diz que setor cripto poderia ser autorregulamentado, mas não agora.

moedas digital blockchain livro

O INFOCHAIN entrevistou o advogado Rodrigo Borges, otimista e entusiasta das tecnologias descentralizadas, como blockchain e criptomoedas. Rodrigo e a também advogada Tatiana Revoredo lançaram o livro “Criptomoedas no Cenário Internacional – Qual o posicionamento de bancos Centrais, Governos e Autoridades?”.

Durante o bate-papo, Rodrigo falou sobre o livro; Comentou o contexto histórico que fez do Bitcoin uma das alternativas aos atuais sistemas centralizados; Falou das iniciativas de regulamentação do setor cripto no mundo, incluindo a tentativa a autorregulamentação no Japão; E disse que no Brasil um setor autorregulado também seria possível, mas o mercado local precisa se tornar mais maduro.

Rodrigo também comentou que as startups e os empreendedores continuarão a surgir no mundo cripto. Porém, sem leis específicas no Brasil, todo esse investimento migrará para outros países, onde os profissionais se sintam seguros para trabalhar sob leis que protejam os investidores. Veja a entrevista completa no link do canal do INFOCHAIN no Youtube, a seguir:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.