Agências dos EUA punem corretora de Bitcoin.

mm

Três agências norte-americanas tomaram medidas contra a “1pool Ltd.”, corretora internacional de títulos financiados por bitcoin, também conhecida como 1Broker. A Securities and Exchange Commission (SEC)[Comissão de valores Mobiliários dos EUA] diz que a 1Broker violou as leis federais de valores mobiliários.

A Comissão de Negócios Futuros de Commodities (Commodity Futures Trading Commission – CFTC) diz que a empresa violou a lei de Bolsas de Mercadorias. Enquanto isso, a empresa diz que está trabalhando para permitir que os clientes retirem seus fundos.

A 1Broker e seu CEO na Áustria, Patrick Brunner, supostamente violaram as leis federais de valores mobiliários em conexão com swaps baseados em segurança, financiados com bitcoins.

A SEC explicou:

“Os investidores poderiam abrir contas simplesmente fornecendo um endereço de e-mail e um nome de usuário – nenhuma informação adicional era necessária – e só poderiam financiar sua conta usando bitcoins.”

A SEC diz que um agente especial disfarçado do FBI “comprou com sucesso vários swaps baseados em segurança na plataforma da 1Broker dos EUA, apesar de não cumprir o investimento discricionário. A Comissão alega, ainda, que Brunner e a 1Broker não conseguiram transacionar esses swaps “em uma bolsa nacional registrada, e falharam em se registrar adequadamente como um revendedor de swaps baseado em segurança”.

A queixa da SEC “busca injunções permanentes, restituição mais juros e penalidades”.

A CFTC entrou com uma ação civil contra a 1pool Ltd. e Brunner, afirmando:

“A CFTC cobra dos réus o engajamento em transações ilegais de varejo de commodities, falha em se registrar na Futures Commission Merchant (FCM) e violações de supervisão por não implementar procedimentos para evitar lavagem de dinheiro, conforme exigido pelas leis e regulamentações federais.

Fonte: News.Bitcoin
https://news.bitcoin.com/sec-cftc-fbi-bitcoin-1broker/

 

Siga nossas páginas nas redes sociais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.