fbpx

Análise: Bakkt

bakkt

Bakkt, a plataforma que oferecer um ecossistema regulado e seguro para investidores tradicionais interessados no mercado de criptomoedas.

Overview Bakkt

1.a Função

O projeto Bakkt visa oferecer um ecossistema regulado e seguro para investidores tradicionais interessados no mercado de criptomoedas. Por meio de investimentos em infraestrutura, busca-se em primeiro lugar um ambiente de negociação da criptomoeda mais líquida, o Bitcoin, contra moedas fiduciárias como o dólar e a libra. Segundo as postagens da companhia no Medium, com a Bakkt será possível comprar Bitcoin no mercado à vista ou futuro, com entrega física estipulada em 1 dia após a compra. Futuramente, deverão ser acrescidos outros pares de negociação à plataforma.

Encabeçada pelo ICE Group (Intercontinental Exchange), controladora da NYSE (Bolsa de Valores de Nova York) e um dos maiores conglomerados da indústria financeira mundial, a Bakkt busca permitir o acesso dos investidores ao mercado de criptomoedas de forma segura, regulada e user-friendly.

O grupo responsável pela Bakkt, que já trabalhou no desenvolvimento de mercados como o de eletricidade e o de derivativos de crédito, agora empenha seus esforços no acompanhamento do crescimento em adoção, volume e capitalização do mercado de criptomoedas.

O projeto tem sido acompanhado pela CFTC (Commodity Futures Trading Commission) e busca, atualmente, autorização de custodiar os ativos dos clientes. Tal permissão seria uma exceção às regras da Comissão, que exigem que a custódia seja realizada por bancos, companhias acreditadas ou Comissões Comerciais de Futuros.

E isso seria necessário porque, ao contrário do que ocorre com os contratos futuros oferecidos pela CME Group e pela Cboe, na plataforma Bakkt deverá ocorrer a entrega “física” do Bitcoin negociado. Em outras palavras, no prazo de vencimento dos contratos haverá transferência dos Bitcoin negociados para os compradores, em lugar de uma liquidação em moeda fiduciária. Para o mercado-alvo, isso será importante porque as liquidações em Bitcoin deverão gerar demanda pelo ativo-base, o que pode impulsionar ganhos de liquidez.

1.b Roadmap

O lançamento oficial da plataforma Bakkt, era  previsto para novembro de 2018 e depois para 18 de janeiro, foi adiado uma segunda vez. Desta vez, os responsáveis pela Bakkt apontam como causa o andamento das documentações necessárias para a aprovação da CFTC, e dizem ser possível que o evento ocorra ainda no dia 30. Não há detalhes sobre os planos de desenvolvimento tecnológico da plataforma.

Human factor

2.a Team

Kelly Loeffler, CEO – foi district account manager da Toyota North America, equity research associate do Citi e do William Blair (investment banking e management). É co-proprietária e co-chairman da Atlanta Dream WNBA (time da liga de basquete feminino dos EUA), Chief Communications & Marketing Officer da ICE. É bacharel em Commercial e Business Administration da University of Illinois e MBA pela DePaul University.

bakkt

Balaji Devarasetty, CTO – foi assistente de pesquisa na University of Akron, software consultant no Renaissance Technologies (quant asset management), director na Diebold Nixdorf (data analytics de varejo), mentor da Fintech71 (aceleradora) e vice-presidente de tecnologia da Vantiv (gateway de pagamentos). Atualmente, é advisor da SKOOKII (plataforma de gerenciamento de gastos com educação). É mestre em Non-linear dynamics and controls pela University of Akron e MBA da Weatherhead School of Management.

2.c Partners

Um dos grandes objetivos da Bakkt é oferecer aos consumidores a opção de pagar com criptomoedas. Buscando isso, firmou-se parceria com o Starbucks e espera-se que em breve a cadeia de lojas aceite pagamentos em criptomoedas. A companhia já está envolvida no desenvolvimento de soluções de pagamento em criptomoedas, mas ainda não aderiu a nenhuma.

No dia 31 de dezembro de 2018, foram anunciado os parceiros da primeira rodada de investimento no projeto. Entre eles destacam-se o M12, braço de venture capital da Microsoft, o PayU, braço da Naspers no mercado de fintechs, e diversas outras grandes empresas: Boston Consulting Group, CMT Digital, Eagle Seven, Galaxy Digital, Goldfinch Partners, Alan Howard, Horizons Ventures, Intercontinental Exchange, Pantera Capital, e Protocol Ventures.

Detalhes da captação da Bakkt

A primeira rodada de captação foi privada, permitindo apenas o investimento por parceiros do projeto. Não há detalhes sobre os preços, a distribuição e os prazos de investimento praticados.

Canais Oficinais:

                              

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
Infochain VIP | Conteúdo Exclusivo em Primeira Mão
Receba em seu e-mail notícias e artigos sobre Blockchain e Criptoeconomia e entenda como essa tecnologia está impactando o mundo.
Não gostamos de spam! E protegeremos seu email como se fossem bitcoins.