Artista britânico vende coleção inteira em troca de criptomoedas.

mm

O artista britânico Lincoln Townley, que já foi apelidado de “o próximo Andy Warhol” pelo ator Michael Caine, vendeu uma coleção inteira de obras em troca de criptomoedas, por meio da popular plataforma de mídia social Wechat.

O artista, que usa regularmente as mídias sociais para distribuir seu trabalho, declarou recentemente em uma entrevista: “Estou sempre procurando meios de fazer as coisas de maneira diferente no meu caminho para o mercado”.

“Não há duas maneiras sobre isso”, continuou Townley, “as pessoas que investem no Bitcoin são, sem dúvida, especuladoras. Elas estão olhando para algo com mais risco. Mas é por isso que pensei comigo mesmo, esse é o tipo de pessoa que estaria interessada em comprar minha arte como uma extensão de sua carteira de investimentos.”

Townley afirma que a construção de uma rede de compradores de arte que o contatam diretamente por meio de uma mídia social está “abalando o mundo da arte”, enfatizando a eliminação de intermediários nas transações artísticas.

Ele afirma, ainda, que vários investidores em criptomoedas também são colecionadores de arte e que muitos deles estão “procurando por um ativo tangível para o qual possam colocar essa moeda recém-descoberta”.

O artista espera que os preços das criptomoedas continuem subindo. E afirma: “Eu acho que há um enorme mercado para expansão, com algo que vai subir em valor”.

Fonte:
https://news.bitcoin.com/british-artist-sells-entire-collection-for-crypto-via-wechat/

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.