Banco da Austrália é o primeiro a emitir um título Blockchain.

mm
Sydney Downtown CBD Skyline, Australia, view from Bridge Street.

Chamado “bond-i”, que significa Blockchain Offered New Debt Instrument, o título bancário se tornará o primeiro a ser gerenciado completamente com a tecnologia blockchain.

O Commonwealth Bank of Australia (CBA) entregará, segundo o site Coinspeaker, a primeira transação do tipo, baseada em blockchain, depois de ter conquistado o direito (cedido pelo Banco Mundial) para conduzir a emissão do título. De acordo com o comunicado de imprensa, a transação será lançada após consultas com um grupo maior de investidores.

Uma vez emitido, o título será distribuído em uma plataforma baseada em blockchain operada pelo CBA e pelo Banco Mundial em Sydney e Washington. A plataforma foi desenvolvida pelo CBA Blockchain Center of Excellence em parceria com a Northern Trust, a Treasury Corporation of Victoria e a QBE.

A ideia de lançar o primeiro blockchain bond – título blockchain – foi revelada pelo CBA no ano passado, durante uma conferência, onde Sophie Gilder, chefe do setor de blockchain do banco, destacou as possibilidades infinitas que tais tecnologias emergentes oferecem para as empresas.

Segundo o Coinspeaker, espera-se que a plataforma Blockchain agilize processos entre intermediários e agentes do mercado de capital de dívida. Além disso, a tecnologia facilitará a captação de recursos e troca de títulos, melhora os processos operacionais e aprimora o controle regulatório.

“Nós adotamos uma abordagem colaborativa para inovar e temos um histórico de parcerias com outras instituições financeiras líderes, órgãos governamentais e corporações para inovar através da blockchain”, disse James Wall, gerente geral do CBA.

A iniciativa também faz parte da missão do Banco Mundial de acabar com a pobreza usando tecnologias como blockchain. A cada ano, o banco emite entre US$ 50 e US$ 60 bilhões em títulos para apoiar o desenvolvimento sustentável. Tem uma extensa experiência de inovações no mercado de capitais e foi o primeiro a lançar um título global em 1989 e um e-bond totalmente integrado em 2000. Desde 1986, o banco captou cerca de US$ 60 bilhões em dólares australianos de investidores em todo o mundo.

Fonte: Coinspeaker
https://www.coinspeaker.com/2018/08/10/world-bank-chooses-cba-to-be-the-first-and-sole-arranger-of-blockchain-bond/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.