Banco e empresa de Telecom da Coreia do Sul desenvolvem Blockchain.

mm
Bitcoin stack with a national flag in the background

O segundo maior banco da Coréia do Sul, Shinhan Bank, firmou uma parceria com a KT Corp, a segunda maior companhia de telecomunicações do país, com o objetivo de desenvolver uma nova plataforma baseada em blockchain.

Em julho, o site CCN informou que a KT Corp havia lançado uma blockchain comercial capaz de absorver 2.500 transações por segundo, tornando-se a primeira operadora de celular do mundo a construir essa plataforma. A rede anunciou ainda que planeja expandir a capacidade para mais de 100.000 transações por segundo até o final de 2018.

O banco Shinhan, por sua vez, vai usar sua experiência em serviços bancários comerciais. Em 2017, os ativos do banco totalizaram US$ 302,6 bilhões.

Segundo informações do CCN, que reproduz dados do jornal local Korea Times, a nova plataforma tem como objetivo basear-se nos recentes movimentos dos governos regionais em todo o país, para introduzir digital vouchers.

Esses digital vouchers podem ser gastos como dinheiro em determinados locais.

O Shinhan vai assumir a responsabilidade pelo desenvolvimento dos serviços financeiros da nova plataforma, incluindo pagamentos e gerenciamento de contas, enquanto a KT vai configurar a infraestrutura de blockchain subjacente que sustentará o sistema.

O Chefe de Estratégia Digital do Shinhan Bank, Jang Hyeon-ki, falou sobre a integração entre as duas empresas:

“A parceria estratégica da Shinhan com a KT faz parte dos nossos esforços para introduzir uma união entre finanças e TIC (sigla para Tecnologias de Informação e Comunicação). A tecnologia blockchain aumentará as atividades financeiras dos clientes para um novo nível.”

Esta não é a primeira incursão de Shinhan na tecnologia blockchain. No início de 2018, o departamento de Estratégia Digital do banco criou um centro de pesquisa dedicado especialmente para essa tecnologia, o primeiro para o setor bancário sul-coreano.

O CCN também informou em janeiro de 2018 que o banco se tornou uma das poucas instituições financeiras sul-coreanas a apoiarem as corretoras de criptomoedas.

O banco está trabalhando para desenvolver um sistema integrado de certificação baseado em blockchain, para muitas atividades financeiras, incluindo transferências eletrônicas e transações cambiais.

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/big-four-south-korean-bank-enters-blockchain-pact-with-telecom-giant-kt/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.