Bitcoin ultrapassa R$ 31.000

mm
shiny bitcoins with stock market background.

Pela primeira vez em dois meses, o Bitcoin ultrapassou a marca dos US$ 8.000.

Depois de um pico de cerca de US$ 20.000 em dezembro, o bitcoin perdeu mais da metade de seu valor ao longo do primeiro semestre de 2018, mas nas últimas semanas tem se recuperado.

Segundo o site NDTV.com, o Bitcoin subiu nesta terça-feira (24) para US$ 8.130 na corretora Bitstamp, com sede em Luxemburgo. É o maior valor desde 22 de maio.

Na segunda-feira (23 de julho), o valor já tinha chegado ao maior patamar em 60 dias, US$ 7.820.

No Brasil, para felicidade dos investidores, o BTC ultrapassou a marca dos R$ 30.000, segundo a corretora de criptomoedas E-Juno, sendo negociado a 31.600,16 às 11h22, seu maior preço dos últimos 45 dias.

O aumento tem uma explicação. Analistas dizem que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) está avaliando se deve ou não aprovar um ETF – exchange traded fund (fundo negociado em bolsa), um grupo diversificado de ativos (como um fundo mútuo) negociado em uma bolsa de valores (como uma ação).

Se aprovado, um ETF de bitcoin poderia significar que as pessoas negociariam bitcoins ter de lidar com exchanges (corretoras de criptomoedas).

Segundo o NDTV, relatórios recentes sobre a aprovação iminente nos Estados Unidos desse ETF ajudaram a impulsionar a demanda recentemente, assim como comentários de Larry Fink, principal executivo da BlackRock, maior administradora de ativos do mundo , na semana passada, de que a empresa estava analisando moedas digitais.

Os preços de outras moedas digitais também subiram, mas a maioria permanece menor do que há uma semana, segundo o site Coinmarketcap.com.

Fonte:
https://www.ndtv.com/business/bitcoin-hit-two-month-high-above-8-000-bitcoin-price-bitcoin-vs-dollar-bitcoin-return-1888862[

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.