fbpx

Blockchain: o que é, como funciona

o que e blockchain

Descubra o que é a blockchain, como ela funciona e quais são seus casos de uso.

O Bitcoin é um sistema de dinheiro eletrônico peer-to-peer (P2P), projetado para ser completamente descentralizado e livre de qualquer autoridade central ou ponto de controle que possa ser usado para atacar o sistema. O Bitcoin é basicamente uma junção de três coisas:

  • Uma rede peer-to-peer descentralizada (o protocolo bitcoin)
  • Um registro público e imutável de transações (o blockchain)
  • Uma unidade de moeda descentralizada (o bitcoin -BTC)

Ou seja, ele é o registro compartilhado e distribuído de todas as transações que ocorrem com a unidade bitcoin. O registro dessas transações é armazenado em computadores por todo o globo, criando consenso e confiança nas transações, sem que um intermediário precise validar a troca.

Como funciona o Blockchain

Todas as transações de bitcoin são transferidas para os nós pela rede para serem validadas, assim que a validação ocorre, elas são incluídas em um novo bloco.

Cada bloco é ligado ao anterior, por um “hash”. Juntos, eles formam uma “corrente de blocos”, também conhecida como “blockchain”. Os mineradores são os responsáveis por emprestar poder computacional para validar as transações e calcular um “hash” que possibilite a ligação entre os blocos.

 

A arquitetura da tecnologia blockchain torna possível que qualquer pessoa possa auditar as transações, rodando uma cópia do blockchain ou utilizando um explorador de blocos. O explorador é um site que permite que qualquer pessoa com uma conexão a internet possa checar o histórico completo das transações que já foram validadas e registradas.

Para usar um explorador de blocos, como o blockchain info, você só precisa ter um endereço público, um hash de transação ou um número de bloco. Os exploradores permitem que qualquer pessoa, mesmo sem conhecimento sobre a arquitetura do bloco, possa usufruir de todas as facilidades da tecnologia blockchain.

Vantagens

  • Eliminação de intermediários corruptíveis e dos custos desses terceiros;
  • Completo controle e responsabilidade sobre seus fundos e informações;
  • Durabilidade, confiabilidade e transparência garantida para todos os usuários;
  • Transações sem barreiras geo-políticas, qualquer pessoa com um smartphone está apta à transacionar de e para qualquer lugar do mundo;
  • Menor custo por transação, ao eliminar os intermediários, o usuário não precisa se preocupar com taxas e os custos de transação;
  • Imutabilidade: todas as transações após 6 confirmações, são consideradas como imutáveis e podem servir como prova de propriedade;
  • É completamente digital, como tudo está rodando em servidores, você não precisa se preocupar em carregar montantes de dinheiro ou com a validade jurídica daquele fundo.
  • Segurança, se usado da maneira correta, o protocolo bitcoin é robusto contra ataques.

O blockchain só serve para moedas virtuais?

Apesar de ser a aplicação mais popular, o blockchain pode ser usado para resolver inúmeros problemas de validação, autenticação e falta de confiança entre indivíduos e instituições cujos interesses possam ser contraditórios.

Uma das aplicações mais promissoras do uso do blockchain é a gestão da cadeia de suprimentos. De forma geral, as empresas podem utilizar a tecnologia blockchain para acompanhar o movimento de bens e informações na cadeia e melhorar, tanto a gestão, como a utilização e rastreio dos recursos.

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
Infochain VIP | Conteúdo Exclusivo em Primeira Mão
Receba em seu e-mail notícias e artigos sobre Blockchain e Criptoeconomia e entenda como essa tecnologia está impactando o mundo.
Não gostamos de spam! E protegeremos seu email como se fossem bitcoins.