Brasil: Avaí é primeiro clube de futebol a lançar sua própria criptomoeda.

mm

O Avaí, de Santa Catarina, hoje na série B do Brasileirão, se tornou o primeiro clube de futebol do Brasil a lançar sua própria moeda digital por meio de um ICO – Oferta Inicial de Moedas, com o objetivo de aumentar o capital em US$ 20 milhões.

O lançamento é uma parceria com a empresa de tecnologia blockchain SportyCo e com a especialista em investimentos em futebol Blackbridge Sports.

O Avaí FC Token estará à venda em 3 de outubro, com um preço de US$ 1, pelo período de um mês.

“Nosso objetivo é arrecadar US$ 20,46 milhões, com um teto mínimo de 8 milhões de dólares. Até 20,46 milhões de tokens (93%), avaliados em US$1, estarão disponíveis para compra. E até 1.540.000 de Avaí Tokens (7%) serão retidos pelo Avai FC”, disse o clube.

Trabalhando com a SportyCo, o clube desenvolverá um ecossistema on-line para ganhar e gastar o AVAI Token. Marko Filej, co-fundador da SportyCo, disse: “Com essa oferta inicial de moedas, estamos abrindo um novo capítulo no futebol e na indústria esportiva em geral… no início, os detentores do token poderão comprar mercadorias, ingressos e experiências únicas. No futuro, isso será atualizado.”

O token será listado em várias corretoras de criptomoedas. No entanto, se o valor comercial do AVAI token cair, o clube disse que “sempre fornecerá uma valiosa experiência ou serviço para os detentores de tokens que desejarem participar”.

Para o Avaí, o objetivo da criptomoeda é levantar dinheiro para apoiar a ascensão do clube para a Série A do Brasileirão, fornecer estabilidade financeira e contribuir para uma possível classificação para a Copa Libertadores da América.

Francisco José Battistotti, presidente do Avaí, disse: “Com nosso ICO, estamos focando ativamente em uma base mundial de fãs de futebol, enquanto envolvemos todo o Avaí FC em Florianópolis e no Brasil, trabalhando juntos para alcançar nosso objetivo, a Série A e qualificar-se para a Copa Libertadores. Estamos muito satisfeitos em fazer isso em parceria com a SportyCo e ser a primeira empresa esportiva a fazer uma oferta inicial de moedas, abrindo o caminho para que outros clubes de todo o mundo abordem o financiamento de suas atividades esportivas de maneira inovadora”.

Se o financiamento coletivo não atingir o limite mínimo de US$ 8 milhões, o dinheiro será devolvido aos compradores no final do processo.

Fonte: IF
http://www.insideworldfootball.com/2018/09/12/brasils-avai-becomes-first-football-club-launch-cryptocurrency/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.