BTC Hashpower dobra durante mercado de baixa.

mm

De acordo com Sam Doctor, analista da Fundstrat, o hashpower do Bitcoin Core (BTC) teria duplicado desde pouco antes do início do verão [inverno no Brasil]. Esse número é impressionante, considerando o mercado de baixa persistente e profundo. “Mesmo com atualizações para equipamentos existentes, implica quase 1GW de consumo de energia, contra 5,2 GW em maio”, disse Doctor no Twitter. “Breakeven agora US$ 7.300 (US$ 5.300 em dinheiro vivo) contra US$ 6.000 em maio.” Um relatório confirma que as mineradoras também podem estar aceitando menores ganhos a curto prazo em favor da posição de mercado.

Conforme os indicadores, os aumentos na dificuldade do BTC e no hashate são considerados pontos positivos, potencialmente adicionando robustez e resiliência à rede. Os mineradores podem continuar a se arrastar em um mercado em baixa. E diante de enormes quedas nos preços e de seus próprios lucros, podem sinalizar dias melhores para todos.

Uma teoria sobre por que isso pode estar ocorrendo vem da corretora de criptomoedas Bitmex. Eles alegam que as operações de mineração como da Bitmain deram boas-vindas aos preços de mercado, ao mesmo tempo em que empurram as mãos mais fracas e ajudam a aumentar sua posição relativa. “Esses preços baixos tendem a ser uma estratégia deliberada da Bitmain”, explica a corretora, “para espremer a concorrência, fazendo com que eles experimentem vendas mais baixas e, portanto, dificuldades financeiras. Em nossa opinião, aqui reside a chave para uma das principais forças motrizes por trás da decisão do IPO. Um IPO bem-sucedido pode aumentar o poder de fogo disponível para continuar essa estratégia e eliminar uma vantagem que os rivais poderiam ter ao fazer seus IPOs primeiro.”

O hashpower do Bitcoin Core subiu 2 vezes desde maio, e diante de uma queda de preço brutal, perto de 70%. Isso está sendo reivindicado pela Fundstrat, a empresa de investimento preferida da comunidade de criptomoedas de Wall Street. O “cabeça” da companhia, Tom Lee, é frequentemente apresentado como um especialista de alta credibilidade.

“Apesar do BTC em mercado de baixa”, diz o post no twitter do analista da Fundstrat, Sam Doctor, “o hashpower dobrou em maio para 57 EH/s – mesmo com atualizações para equipamentos existentes. E implica quase 1GW de um novo consumo de energia. O breakeven agora custa US$ 7.300 (US$ 5.300 em dinheiro) contra US $ 6.000 em maio.”

Fonte: News.Bitcoin
https://news.bitcoin.com/btc-hashpower-doubles-during-bear-market-as-miners-sacrifice-profit-for-position/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.