Capital One busca patente de blockchain para autenticação “colaborativa”.

mm
shot of paper with word crypto currency torn

A gigante do setor bancário dos EUA Capital One está trabalhando no uso da tecnologia blockchain para introduzir melhores métodos de autenticação de usuários, para setores como segurança bancária.

O pedido de patente, submetido ao Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO) em junho de 2017, estabelece um sistema blockchain que receberá, armazenará e recuperará dados criptografados de autenticação dos usuários, de acordo com informações do site Coindesk, que dá créditos a um jornal local.

A proposta explica que a idéia é permitir que os usuários possam se autenticar em várias plataformas, mas limita a quantidade de informações pessoais compartilhadas entre elas.

O método recupera os dados de identificação de um usuário quando ele inicia o processo de autenticação (supondo que o usuário tenha um perfil configurado no sistema em que está fazendo o Login). O sistema autenticará ou rejeitará o usuário com base nas informações recebidas, mas os dados do usuário em si serão mantidos em segurança na blockchain.

A patente solicitada ajudaria a reduzir potencialmente “o tempo e o peso dos recursos”, para as instituições que cadastrarem novos clientes. Além disso, o pedido junto ao USPTO acrescenta que ajudaria aqueles usuários que precisam se autenticar repetidas vezes entre diferentes instituições.

Assim, a Capital One diz que tanto as instituições quanto os clientes “podem, portanto, se beneficiar de um sistema de autenticação colaborativa que lida com interações para múltiplas instituições”.

Um caso de uso como este cumpre “exigências estatutárias ou regulamentares, como as de “Conheça seu cliente”, que a maioria das instituições financeiras em todo o mundo é obrigada, por lei, a cumprir, para reduzir o risco de lavagem de dinheiro.

Fonte: Coindesk
https://www.coindesk.com/capital-one-seeks-blockchain-patent-for-collaborative-authentication-tool/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.