China terá Hash House para focar em criptoeconomia.

mm
The archaeological pit of the historic Terra Cotta Soldier Warrior of Xian China. A historic site from the Qin Dynasty 210–209 BCE. Rows of terra cotta warriors were unearthed in the location outside of Xian China. A popular tourist destination and an important archaeologic site. Photographed on May 22, 2017.

Na Hash House será possível usar Bitcoin Cash para pagar por um café, além de conhecer o espaço que conta a história da mineração do Bitcoin. Quem quiser, pode, ainda, comprar itens relacionados às moedas digitais.

O Crypto Café e Coworking Space Hash House será fundado no fim de agosto em Xi’an, capital da província de Shaanxi (conhecida pelo famoso Exército de Terracota).

No local, a Hash House montou uma exposição de mineração que exibe hardware de mineração e sua história, decorações com tema de criptomoedas e uma loja que vende produtos relacionados, como diferentes hardware wallets, de varias partes do mundo.

Servindo como um centro comunitário de criptomoedas, a Hash House também fornece materiais didáticos gratuitos, como white papers e livros sobre o tema. Toda semana, o local receberá seminários e encontros sobre diferentes assuntos, para compartilhar as últimas notícias e tendências de moedas digitais gratuitamente. E o café serve comidas e bebidas que podem ser pagas com o Bitcoin Cash (BCH).

Além do espaço para café, há um coworking para desenvolvimento profissional de startups, oferecendo sala de aula, salas de reunião, área de exposição de 2000 metros quadrados e 500 metros quadrados de espaço para escritórios.

A informação é do site News.Bitcoin que entrevistou o fundador da Hash House, Kirk Su. Ele explicou a razão por trás do novo empreendimento. Quando voltou para a China depois de se formar na Universidade de Indiana, nos EUA, Kirk notou que a adoção de criptomoedas ainda é muito baixa em seu país, em comparação com o que ele viu no Ocidente. Ele já estava envolvido no mundo da mineração de criptomoedas por três anos naquele momento e queria “devolver à sua comunidade a cultura do bitcoin porque isso é algo que as pessoas merecem saber”.

Segundo o News.Bitcoin, o objetivo do Hash House é introduzir novas pessoas ao conceito de criptomoeda e educar contra qualquer percepção negativa que possam ter, já que o tópico é frequentemente relatado pela mídia local. E acima de tudo, a equipe vai ensinar aos recém-chegados sobre a utilidade, a história e o legado do Bitcoin Cash, que Kirk explica como “o verdadeiro Bitcoin”.

Fonte: News.Bitcoin
https://news.bitcoin.com/crypto-cafe-and-coworking-space-hash-house-established-in-xian-china/

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.