fbpx

Comprar com Bitcoin e com desconto: InBeta, consultoria de design que aceita criptomoedas como pagamento.

comprar com bitcoin

Conversei com o head de UX Design na Volkswagen e sócio da InBeta, empresa de consultoria em design que dá desconto para quem paga com Bitcoin. Para nossa surpresa, 50% dos clientes pagam em criptomoedas. Confira a entrevista para saber mais sobre como eles estão conseguindo isso.

Rafaela: Me conta um pouco sobre a InBeta, o que vocês fazem?

Richard: Somos uma empresa de consultoria de design, trabalhamos com startups e empresas para criar e melhorar e reformular um produto, principalmente no meio digital.  Nossos clientes são empreendedores que querem começar um negócio, startups que precisam melhor faturamento, empresas que precisam se reinventar. Nós produzimos aplicativos, portais e melhoramos a conversão do e-commerce.

Rafaela: Como conheceu as criptomoedas?

Richard: Em 2014, um amigo foi consertar o computador da minha namorada e me falou que estava guardando dinheiro para comprar mais uma rig para minerar criptomoedas. Eu achei uma loucura quando ele me disse. No mesmo ano, apareceu um projeto na IBM de blockchain, quando eu trabalhava como design lá. E o projeto chamou minha atenção. Eu pensei, se a IBM está investimento na blockchain, esse negócio é sólido pra caramba.

Rafaela: Quando vocês começaram aceitar criptomoedas?

Richard: Começamos aceitar no começo de 2017. Eu estava viajando fora do país, na Argentina e fazendo um projeto para um cliente. E o cliente precisava me pagar, mas não fazia sentido eu aceitar pesos. Aí eu perguntei brincando se ele não conseguia me pagar em bitcoin. Ele aceitou e pegou a carteira dele na hora. Na Argentina, a cultura de bitcoin é muito mais difundida do que aqui no Brasil. Provavelmente por causa da economia e da inflação deles, não tenho certeza…

Rafaela:  E como está sendo a experiência de vocês? Tem muitos clientes que pagam em cripto?  

Richard: Hoje, metade dos nossos clientes pagam em criptomoedas e não por que divulgamos que aceitamos mas porque no meio da negociação, nós sugerimos e dizemos: vou te dar um desconto de 10% se você pagar em cripto. 80% dos nossos clientes já sabem como fazer mas pedem alguma ajuda em alguma questão, querem saber sobre imposto e essas coisas. Já os 20% restantes sabe o que é, mas não sabe usar, nós super ajudamos porque acreditamos no projeto.

Rafaela: Qual o benefícios de aceitar criptomoedas no negócio de vocês, levando em conta que vocês ganham menos quando aceitam?

Richard: O maior benefício é a flexibilização do dinheiro, usamos essas moedas para pagar outras coisas de fora. Pagamos servidor, ferramentas de software, kits de design, tudo direto com bitcoin.

Rafaela: Quais moedas vocês aceitam?

Richard: Só Bitcoin. Sou aquele tipo que tem receio com alguns projetos, para um projeto ganhar minha confiança demora muito, tirando BTC eu gosto de DECRED, mas duvido que me paguem com DCR, já que a maioria é holder. Eles estão certos.

Se um cliente me oferecesse pagar em XRP por exemplo, precisaria conseguir converter bem rápido para BTC. Mas eu não tenho nem ideia de que carteira eu usaria para transacioná-la. (Risos).  

Infochain VIP | Conteúdo Exclusivo em Primeira Mão
Receba em seu e-mail notícias e artigos sobre Blockchain e Criptoeconomia e entenda como essa tecnologia está impactando o mundo.
Não gostamos de spam! E protegeremos seu email como se fossem bitcoins.