Criptoeconomia: Rússia cria registro de empresas confiáveis.

A Associação Russa de Criptomoedas e Blockchain criou um registro de empresas whitelisted (confiáveis) que oferecem produtos ou serviços relacionados a criptoeconomia. Enquanto isso, o projeto de lei do Governo para regulamentar as criptomoedas na Rússia foi adiado.

A Associação Russa de Criptomoedas e Blockchain (RACIB, na sigla em inglês) criou uma whitelist de empresas confiáveis do setor de criptomoedas. A lista inclui companhias que fazem mineração de moedas digitais, investimento, marketing, jurídico, treinamento e ofertas iniciais de moeda (ICOs).

Desde o início deste ano, pessoas jurídicas e físicas na Rússia perderam mais de 270 milhões de Rublos (dinheiro oficial do país) em investimentos relacionados a criptoativos, por fraudes ou empresas incompetentes, segundo a RACIB. A associação já começou a monitorar projetos ruins de ICO´s e espera que a whitelist permita que os participantes da área encontrem parceiros confiáveis:

“A lista de empresas confiáveis permitirá que os participantes do mercado russo e estrangeiro baseiem seu trabalho nessas organizações e minimizem o risco de fraude na criação e desenvolvimento de negócios no setor de mineração, comércio com criptomoeda, tecnologia blockchain e ICO.

A associação explicou que o registro “consiste em organizações que passaram por verificação voluntária de confiabilidade”. Os critérios incluem “sustentabilidade financeira, experiência e reputação comercial, falta de julgamentos judiciais, disponibilidade de licenças e certificados (se necessário), sem atrasos de impostos e taxas.”

O projeto de lei “On Digital Financial Assets”, para regulamentar as criptomoedas e os projetos de ICO´s na Rússia ainda está em fase de preparação e passou pela primeira leitura na Duma (câmara baixa da Assembleia Federal Russa) em maio.

Elina Sidorenko, chefe do grupo de trabalho da Duma, responsável por uma avaliação de risco sobre o volume de negócios de criptomoedas, explicou o adiamento do prazo em uma entrevista com o site Hash Telegraph, segundo informações do News.bitcoin.com.

Elina explicou que as leis russas serão adotadas depois que as “normas da Força Tarefa de Ação Financeira sobre lavagem de dinheiro (FATF – Financial Action Task Force on Money Laundering) forem desenvolvidas para abordar os riscos do uso da criptomoeda”…”Sem as políticas do FAFT é difícil adotar uma legislação nacional”… “O esboço do documento deveria ser considerado no fim de junho, mas foi adiado para setembro”.

Fonte: Bitcoin.com
https://news.bitcoin.com/russia-registry-whitelisted-crypto-companies/

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.