Espanha requisita identidades de usuários de criptomoedas a 60 empresas

A Agencia Estatal de Administración Tributaria, agência oficial de impostos da Espanha, vem
procurando por nomes e operações de investidores que lidam com criptomoedas em relatórios
requisitados a mais de 60 empresas.

Citando um oficial da AEAT, o jornal El Confidencial vem reportando que autoridades estão lançando
a maior operação contra evasão de divisas e lavagem de dinheiro via criptomoedas.

A AEAT supostamente enviou o pedido a 60 diferentes empresas, incluindo bancos, empresas de
segurança, exchanges e empresas que aceitam criptomoedas como forma de pagamento para que
juntem detalhes das identidades de seus clientes, banco usado, montante e cartões usados para
transações. A ação surge em meio a uma operação ainda maior feita pelas autoridades espanholas
em combate a evasão de divisas.

A agência oficial de impostos da Espanha se junta a países como Australia, India, Estados Unidos,
Tailândia e Israel que vem tentando coletar dados dos usuários de criptomoedas pelo mundo.

Enquanto isso, o governo espanhol também prepara incentivo a impostos para atrair Startups e
empresas do setor de cripto e blockchains para o país, com a possibilidade de legislar ICOs em uma
maneira regulamentada. Teodoro Garcia Egae, do Partido Popular, disse esse ano:
“Queremos estabelecer a framework mais segura da Europa para se investir em ICOs.”

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.