Estado de Nova York terá mineração de Bitcoin com hidrelétrica.

mm
Cryptocurrency background - defocus

Uma empresa de mineração Bitcoin, da Califórnia, concluiu o trabalho em uma represa de uma hidrelétrica, reaproveitada para atender sua nova fazenda de mineração de criptomoedas.

A DPW Holdings agora se prepara para usar a represa, localizada em Valatie Falls, estado de Nova York, como a fonte de eletricidade para sua instalação de mineração, ainda a ser construída até o fim de 2018, segundo o site Cointelegraph.

Este é mais um episódio da crescente corrida dos mineradores de criptomoedas, no Estado de Nova York, onde outra empresa, a Coinmint, tinha sinalizado que iniciaria operações em uma antiga fábrica, com apoio do governo local no início deste ano.

Enquanto isso, a fazenda da DPW empregará seu próprio hardware de mineração, o AntEater, desenvolvido em conjunto com a Samsung em janeiro. Ele executará a operação através de uma subsidiária, a Super Crypto Mining.

“Este projeto proporcionou uma oportunidade única para as subsidiárias da DPW colaborarem e inovarem para criar um novo modelo para a mineração em criptomoedas, para o qual a eletricidade é de longe o maior fator de custo operacional”, comentou o CEO e presidente Milton “Todd” Ault.

“Estamos ansiosos para fazer funcionar totalmente esta nova instalação, durante o quarto trimestre de 2018.”

Vários estados norte-americanos terão projetos de mineração de criptomoedas em um futuro próximo, segundo o Cointelegraph. A notícia da DPW surge duas semanas depois que a gigante asiática Bitmain anunciou um investimenro de US$ 500 milhões, para a criação de um complexo de mineração no Texas (EUA).

Fonte: Cointelegraph
https://cointelegraph.com/news/new-york-state-to-see-bitcoin-mining-operation-powered-by-hydroelectric-dam-in-q4-2018

 

Siga nossas páginas nas redes sociais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.