fbpx

Ethereum: Depois de dobrar de preço, enfrenta correção antes de hard fork.

mm
constantinople eth hard fork

O Ethereum declinou dois dígitos nesta quinta-feira, com os mercados de criptomoedas seguindo os passos do bitcoin, após uma reversão brusca e repentina durante a madrugada. O declínio surge depois que o ETH quase dobrou de preço ao longo do mês de dezembro, em grande parte em antecipação ao upgrade do Constantinople.

O Constantinople é a próxima atualização em todo o sistema da rede Ethereum. Embora possa parecer uma simples atualização, o hard fork do Constantinople é uma implementação que, obrigatoriamente, deve ser adotada por todos aqueles que executam um nó na rede, provedores de serviços, entre outros.

Constantinople foi projetado para ser uma transição para uma futura atualização chamada Casper, onde o Blockchain Ethereum será definido por “proof-of-stake” (prova de participação), um conceito de recompensa onde um nó de mineração deve provar que possui acesso à determinada quantidade de moedas para participar de um sorteio aleatório, que vai decidir quem será o criador do próximo bloco. Quem tiver mais moedas tem mais chances de ser o criador/sorteado.

Correção Inevitável.

O preço do ETH caiu 12,2% na quinta-feira, para US$ 133, segundo o CoinMarketCap. A maior parte do selloff ocorreu durante a madrugada desta quinta-feira durou várias horas. A tabela a seguir mostra a extensão da queda, que colocou a Ethereum em território de sobrevenda.

A ampla liquidação registrou um aumento imediato nos volumes negociados, com mais de US$ 3 bilhões em mãos negociadas na ETH durante 24 horas. Isso é um aumento de aproximadamente US $ 700 milhões em comparação com a quarta-feira.

Com o declínio, o Ethereum caiu para o terceiro lugar em termos de capitalização de mercado de criptomoedas. O valor agora é avaliado em US$ 13,8 bilhões, cerca de US$ 250 milhões abaixo da Ripple (XRP), que caiu apenas 6,5% nesta quinta-feira. Mesmo com os declínios, o mercado deu sinais de estar mais moderado nas horas seguintes, um sinal de estabilidade. Resta saber se as vendas foram meramente técnicas por natureza (ou seja, para ter lucros) ou o se isso representou o início de uma tendência de queda mais sustentada. Esta última hipótese parece estar de acordo com a visão de que ativos como bitcoin ainda têm um caminho a percorrer antes de completar seu processo de baixa por completo.

O Bitcoin exerce uma força gravitacional no mercado de maneira mais ampla e é visto como o barômetro mais importante do sentimento do investidor. Ethereum e outras criptomoedas tendem a seguir o bitcoin muito mais de perto durante as tendências do mercado de baixa. Isso contrasta fortemente com o boom das criptomoedas no início de 2018, onde um amplo desacoplamento de bitcoins e altcoins pôde ser observado, segundo o site Hacked.

Constantinople.

O upgrade do Constantinople do Ethereum deve entrar em vigor na próxima semana, com os observadores do mercado tendo como meta a data provável entre 14 a 18 de janeiro.

A antecipação que levou ao Hard Fork funcionou a favor da Ethereum, criando uma demanda renovada pela criptomoeda do desenvolvedor. Assim que Constantinople for implementada, a recompensa em bloco para Ethereum será reduzida para 2 ETH de 3 ETH. Isso cria incentivo adicional para participar da rede antes do hard fork. Como especulado na semana passada, há uma boa chance de que a Ethereum experimente um grande recuo quando a atualização for ativada.

Concluída em 31 de agosto, Constantinople integra cinco Protocolos Separados de Melhoria do Ethereum (EIPs), que serão implementados permanentemente na próxima semana. Os upgrades são considerados altamente técnicos porque não são perceptíveis para a grande maioria dos usuários. Eles incluem melhorias na eficiência e nas taxas da rede.

Infochain VIP | Conteúdo Exclusivo em Primeira Mão
Receba em seu e-mail notícias e artigos sobre Blockchain e Criptoeconomia e entenda como essa tecnologia está impactando o mundo.
Não gostamos de spam! E protegeremos seu email como se fossem bitcoins.