Facebook dá passos em direção às cripomoedas.

mm
Social media and global network concept.

Segundo o site CCN, não está totalmente claro o que exatamente está acontecendo na divisão de criptomoedas do Facebook, mas várias reportagens sugerem uma movimentação.

De acordo com o CCN, a primeira é do Business Insider, que relata que o grupo de pesquisa de blockchain do Facebook recentemente se reuniu com a Stellar (da criptomoeda de mesmo nome) para discutir como o conglomerado de mídia social poderia alavancar a tecnologia de contabilidade distribuída (DLT), enquanto explora potencialmente a construção de uma rede de pagamentos.

De acordo com fontes não identificadas, as duas partes discutiram como o Facebook poderia usar a plataforma pública de blockchain da Stellar. Também se diz que a força-tarefa se reuniu com outros projetos não identificados de criptomoedas.

A publicação também relata que o Facebook vem expandindo rapidamente sua divisão blockchain. Um anúncio de emprego dizia que o empreendimento “é uma startup dentro do Facebook, com o objetivo de implementar a tecnologia blockchain dentro do facebook e melhorar a vida de bilhões de pessoas em todo o mundo”.

Hoje (13/08), porém, o Facebook negou, segundo o CCN, que sua força-tarefa blockchain esteja considerando lançar um projeto de criptomoedas por meio de uma parceria com a Stellar.

A segunda reportagem vem do CoinDesk, que informou que David Marcus, vice-presidente do Facebook e ex-chefe da divisão Messenger, renunciou ao seu posto no conselho de diretores da Coinbase (corretora de criptomoedas).

Marcus, como o CCN divulgou, deixou seu cargo no Messenger em maio, para liderar a divisão de blockchain do Facebook, onde ele se reporta diretamente ao CTO da Rede Social, Mike Schroepfer.

Um porta-voz da Coinbase disse à publicação que Marcus havia deixado o cargo para evitar o surgimento de um conflito de interesses, levando à especulações de que o Facebook está se preparando para fazer um grande anúncio sobre seus planos no setor de criptomoedas.

A terceira vem do periódico financeiro Cheddar que informou, no início do ano, que várias fontes teriam dito que o Facebook estaria “especificamente interessado em criar seu próprio token digital, o que permitiria que seus mais de dois bilhões de usuários pudessem fazer transações financeira, sem moedas apoiadas pelo governo”.

As moedas digitais também estiveram na mente do CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, que disse que um de seus desafios pessoais para 2018 seria aprender mais sobre tecnologias “como criptomoedas”.

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/facebook-were-not-building-a-cryptocurrency-on-stellar/
https://www.ccn.com/somethings-brewing-at-facebooks-cryptocurrency-division/

 

Siga nossas páginas nas redes sociais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.