Governo dos EUA rastreia usuários de criptomoedas.

mm
Golden coin closeup - money savings concept

Se você já se perguntou se o Tio Sam está espionando suas transações de criptomoedas, um novo relatório revela que, se você reside ou faz negócios nos Estados Unidos, a resposta provavelmente é sim.

Citando registros públicos, a empresa de pesquisa Diar relata que as agências do governo dos EUA gastaram coletivamente US$ 5,7 milhões contratando funcionários que realizam a análise de blockchain, que envolve a vinculação da identidade de um indivíduo com seus fundos de criptomoedas.

Embora existam ferramentas que pretendem permitir que os usuários enviem fundos anonimamente, a grande maioria dos usuários de criptomoedas deixa rastros suficientes que, equipados com as ferramentas certas, os investigadores podem determinar a quem pertence uma carteira digital.

Uma vez que um usuário de criptomoedas expõe o endereço da sua wallet e das suas moedas digitais, sob algum pseudônimo, a um serviço ou indivíduo que possa identificá-lo como pertencente à sua identidade real, eles correm o risco de ter sua carteira inteira (e qualquer outra carteira com a qual essa wallet tenha transacionado) expostas como pertencentes a eles – uma vez que um perito forense de blockchain agrega os dados.

Frequentemente, esses lapsos de privacidade ocorrem quando um usuário deposita ou retira fundos em uma corretora de criptomoedas que exige que os usuários passem por verificação de identidade, embora também possam ser o resultado da postagem on-line do endereço de criptomoedas, sob o nome real, ou um pseudônimo identificável.

O principal gasto para o rastreamento é com o Internal Revenue Service (IRS), que é responsável pela cobrança do imposto de renda federal. A Receita Federal assinou nove contratos com provedores forenses de criptomoedas, que juntos valem pouco menos de US$ 2,2 milhões e representam 38% do gasto total do governo nesses serviços.

O CCN informou no ano passado que o IRS havia contratado firmas de rastreamento de blockchain para ajudar a identificar investidores que não relataram com precisão sua receita de investimento em criptomoedas em suas declarações fiscais.

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/the-u-s-government-has-spent-millions-trying-to-track-cryptocurrency-users/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.