Irmãos Winklevoss podem expandir negócios para Reino Unido.

mm

A Gemini, corretora norte-americana de criptomoedas, fundada pelos irmãos bilionários Cameron e Tyler Winklevoss, estaria em expansão para o Reino Unido.

Citando duas fontes próximas ao assunto, o jornal Financial Times informou que a empresa de Nova York contratou consultores para uma mudança para a Grã-Bretanha e poderá submeter uma solicitação à Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido (FCA), para autorização de abertura de corretora no país, sob o programa de licenciamento de dinheiro eletrônico da agência.

A Gemini não confirmou a reportagem e disse ao FT que “não tem planos imediatos”, mas está avaliando oportunidades para aumentar sua presença global.

“A Gemini continua a explorar potenciais jurisdições em todo o mundo para fornecer uma melhor corretora de ativos digitais e custódia que permitirá crescimento e infraestrutura para toda a comunidade de criptoativos”, segundo o FT. “Embora não tenhamos planos imediatos, nós. . . sempre avaliamos oportunidades que permitam comprar, vender e armazenar ativos digitais de maneira regulamentada e segura ”.

Em março, a Coinbase, corretora de criptomoedas de São Francisco, recebeu uma autorização para fornecer serviços de pagamento e dinheiro eletrônico a clientes no Reino Unido e em outros 23 países da União Européia.

A Gemini atualmente ocupa a 61ª posição entre as maiores corretoras de criptomoedas do mundo, de acordo com a CoinMarketCap, com um volume de negociação, no período de 24 horas, de cerca de US$ 12 milhões e um volume de quase US$ 750 milhões em um período de 30 dias. A Binance, a bolsa de maior volume, tem em média mais de US$ 1 bilhão em volume diário.

Recentemente, a Gemini lançou uma criptomoeda totalmente garantida e indexada em dólares, denominada dólar Gemini (GUSD).

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/winklevoss-led-cryptocurrency-exchange-gemini-eyes-uk-expansion-report/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.