Israel suspende possível lançamento de moeda digital.

O Banco de Israel divulgou os resultados de um estudo encomendado no final de 2017 para examinar a viabilidade de emitir uma criptomoeda que seria equivalente em valor ao shekel (a moeda oficial de Israel).

Apelidado de “Shekel Digital”, a criptomoeda proposta foi considerada inadequada para as necessidades de Israel em várias áreas. Consequentemente, segundo a agência de notícias CCN, o relatório recomendou que o banco central israelense não emitisse a moeda digital em um futuro próximo.

Em dezembro de 2017, uma equipe conjunta do Ministério das Finanças israelense e do Banco de Israel foi convocada sob a supervisão do ex-governador do Banco de Israel, Karnit Flug, para examinar os prós e contras da possível iniciativa. Os potenciais positivos do shekel digital, na época, incluíam a provisão de pagamentos mais rápidos e quase instantâneos. Além disso, um ponto positivo apontado foi a economia financeira, que permitira aumentar as receitas fiscais.

Em um anúncio sobre o novo relatório publicado agora, no entanto, o Banco de Israel deixa claro que, embora a possibilidade de emitir uma criptomoeda não tenha sido totalmente descartada, a pesquisa recomenda que nada seja feito por enquanto.

Um trecho do anúncio diz:

“A equipe não recomenda que o Banco de Israel emita moeda digital no futuro próximo. É necessário continuar examinando o campo e acompanhar os desenvolvimentos em todo o mundo antes que haja bases adequadas para uma decisão de recomendar a emissão de moeda digital”.

Embora vários bancos centrais em todo o mundo estejam estudando a possibilidade de emitir uma moeda digital, nenhum banco central em uma economia “avançada” tomou essa decisão até agora. A Venezuela é o único país do mundo a implementar uma criptomoeda pareada ao dinheiro oficial do país. A reportagem da CCN cita que nossos vizinhos venezuelanos tiveram uma série de controvérsias e fracassos com relação à criptomoeda Petro nos últimos meses.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.