Legisladores franceses reduzirão imposto sobre bitcoin.

Torre Eiffel, Paris, França.

Legisladores franceses criaram uma emenda à lei orçamentária de 2019, que reduzirá o imposto sobre ganhos de capital para as vendas de bitcoin. A taxação cairá de 36,2% para 30%. A medida fará com que as transações de criptomoedas sejam similares com outros ativos não-imobiliários, que são tributados a uma taxa fixa de 30%.

 

Emenda Aguarda Aprovação pelo Parlamento.

A emenda orçamentária foi adotada por uma comissão de finanças da Câmara Baixa do Parlamento da França, segundo um relatório da Reuters, repercutido pela agência News.Bitcoin. Porém, a mudança terá que ser aprovada “na versão final da lei do orçamento pelo parlamento mais amplo para se tornar lei”. Se aprovado, o novo imposto entrará em vigor em janeiro.

 

Legisladores franceses reduzirão o imposto sobre criptomoedas em 6%.

Os impostos sobre criptomoedas na terceira maior economia da Europa tinham atingido 45%. Em abril, no entanto, o Conselho de Estado disse que os ganhos gerados a partir de ativos digitais deveriam ser considerados como ganhos de capital de bens móveis. Isso resultou em um corte significativo na alíquota do imposto. A exceção são os lucros da mineração com criptomoeda, que são tributados como lucros não comerciais e receita resultante de atividade profissional, que é tributada como lucros industriais e comerciais.

 

Território da Criptomoeda

Sob o comando do presidente Emmanuel Macron, a França está tentando se transformar em um refúgio para os negócios, incluindo o setor de criptomoedas. No início deste ano, Macron lançou o Plano de Ação para o Crescimento e Transformação Empresarial (PACTE) que, entre outras coisas, visa facilitar a operação das empresas na França e traçar diretrizes legais para captação de recursos via venda de tokens.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.