Mineradores de Bitcoin estão trocando a Noruega pela Suécia.

mm

A decisão do governo norueguês de acabar com o subsídio fiscal sobre a energia usada pelos mineradores de bitcoin está levando-os a sair do país.

De acordo com Erik Svensson, que atua como diretor da Boden Business Agency, uma empresa de data center sediada na Suécia, empresas mineradoras de bitcoin da Noruega estão interessadas em transferir seus data centers para a Suécia. Ele confirmou ter sido contatado por várias companhias e afirmou que as empresas de mineração estão buscando a Suécia para continuar suas operações comerciais longe das cargas fiscais da Noruega.

A lei de aumento de preços da energia elétrica na Noruega impactará especificamente os data centers do setor de mineração de criptomoedas que, de acordo com o representante parlamentar norueguês Lars Haltbrekken, é a “forma mais suja de saída para os envolvidos em criptomoedas”.

A decisão deve derrubar as empresas mineradoras que já registram enormes perdas após o recente crash do mercado de criptomoedas. As tarifas de energia influenciam enormemente no retorno sobre o investimento das empresas de mineração, pois a prova de trabalho do Bitcoin exige cálculos pesados ​​e, portanto, mais eletricidade. Países como a China, que oferece eletricidade subsidiada para os mineradores de moedas digitais, provam ser mais benéficas para os data centers do setor cripto. Cada bloco de Bitcoin, neste caso, custa US$ 3.500.

Agora, com uma nova provisão fiscal imposta, os mineradores da Noruega têm certeza de sofrer grandes perdas. Isso obriga que eles fechem operações ou mudem para países mais amigáveis ​​ao setor.

“A enorme diferença entre o custo da mineração na Noruega e na Suécia faz com que a Suécia seja um mercado atraente para os mineradores”, disse Svensson.

Fonte CCN

https://www.ccn.com/norway-bitcoin-miners-eye-exodus-to-sweden-after-electricity-tax-hike/

 

Siga nossas páginas nas redes sociais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.