Nova Zelândia emite subsídio para empresa de criptomoedas.

A Vimba, plataforma de negociação de criptomoedas de Auckland, na Nova Zelândia, recebeu um subsidio financeiro de US$ 330.000 de uma entidade governamental chamada Callaghan Innovation.

Segundo a agência CCN, o CEO da Vimba, Sam Blackmore, elogiou a Callaghan Innovation por acreditar na startup.

“Este é um investimento verdadeiramente significativo da Callaghan Innovation e uma verdadeira demonstração de fé no futuro desta classe de ativos muito interessante”, observou ele em um comunicado à imprensa.

A plataforma atualmente permite que os usuários usem os dólares da Nova Zelândia na compra de Bitcoin ou Ethereum. Enquanto dava uma visão sobre os planos de expandir a gama de serviços oferecidos, Sam Blackmore observou que a empresa estava considerando as perspectivas de “expandir a gama de criptomoedas”.

Houve uma sensação de desilusão entre muitos traders após a significativa queda de preço do Bitcoin, de quase US$ 20.000 em meados de dezembro para um valor abaixo de US$ 5.000. Havia um ar de incerteza sobre as perspectivas do ativo digital mais popular, e isso levou ao pessimismo em relação a outros ativos digitais também.

Em meio à tristeza que encobriu o entusiasmo de muitos investidores, Blackmore pediu às pessoas para não se sentirem desencorajadas pela recente volatilidade, mas sim a se empenharem na tendência positiva do ativo digital a longo prazo.

“Acreditamos que o Bitcoin atingirá pelo menos o valor de mercado do ouro, já que é uma versão mais eficiente, mais acessível e mais segura desse recurso raro. Para alcançar o valor de mercado do ouro, um Bitcoin valeria cerca de US$ 600.000 – mais de 60 vezes o valor de hoje”, falou Blackmore.

Em sua opinião, nunca é tarde demais para começar a investir em criptomoedas, já que suas perspectivas de longo prazo proporcionam alavancagem para qualquer pessoa se juntar às criptomoedas.

O diretor de operações da Vimba, Matt Gibson, divulgou planos de usar o subsídio obtido da entidade governamental Callaghan para promover a inovação tecnológica, que possibilitará a transferência de pequenas quantidades de bitcoins para centenas de milhares de clientes de uma só vez. Isso, de acordo com ele, dará à empresa uma marca de distinção de seus concorrentes.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.