Pesquisas no Google por ‘Bitcoin’ atingem nível mais alto desde abril.

mm

O explorador de tendências do Google revela que o número semanal de pesquisas em todo o mundo para a palavra-chave “bitcoin” atingiu níveis que não eram vistos desde a primeira semana de abril. Embora o número exato de pesquisas acumuladas até o momento nesta semana não esteja claro, os dados do Google revelaram que as pesquisas por “bitcoin” nos últimos três dias representaram 17% do volume de pesquisas semanais de 17 a 23 de dezembro de 2017.

Naquela época, a criptomoeda estava sendo negociada em torno de seu recorde de alta, perto de US$ 20.000, enquanto no momento da escrita deste artigo, ele é avaliado em US$ 4.167, de acordo com o Bitcoin Price Index (BPI) da CoinDesk. Os dados de tendências do Google revelam ainda que a maioria das buscas pela palavra bitcoin no mundo, na última semana, veio da Nigéria, África do Sul e Áustria, nessa ordem. Curiosamente, os EUA mal entraram no top-20, ficando em 19º.

A alta de sete meses nas pesquisas do Google por bitcoin talvez não seja uma surpresa, uma vez que a criptomoeda ganhou as manchetes na semana passada, com o preço caindo para o menor patamar em 13 meses, abaixo dos US$ 4.000. Os dados revelam que as pesquisas por bitcoin mais do que dobraram no dia em que a criptomoeda entrou na faixa de US$ 3.000, no dia 24 de novembro.

Dito isso, há muito especula-se que o preço do bitcoin e suas tendências de pesquisa do Google estão altamente correlacionados, o que sugere que o aumento pode ser um sinal das coisas que estão por vir pelo preço do bitcoin. Um estudo realizado em 2017 pelo pesquisador Willy Woo mostra que as tendências de pesquisa do Google podem até mesmo ser usadas para detectar bolhas especulativas, bem como os melhores e piores momentos para comprar a criptomoeda.

Em outras palavras, os períodos de baixo volume de busca pela palavra ‘bitcoin’ historicamente mostraram ser os pontos de máxima oportunidade financeira, enquanto períodos de volume de pesquisa altos tendem a atuar como um sinal de alerta de que o bitcoin está em uma bolha e logo vai experimentar uma retração no preço.

Fonte: Coindesk

Siga nossas páginas nas redes sociais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.