Quênia usa Blockchain em eleição presidencial.

mm
Programming code abstract technology background footage,concept of software developer and Computer script.4k seamless loop

A Comissão Independente de Eleições e Fronteiras do Quênia (IEBC) anunciou planos de utilizar a tecnologia blockchain para mostrar resultados em tempo real e, assim, melhorar a integridade dos votos e a confiança no processo de votação.

O presidente da IEBC, Wafula Chebukati, disse, em um comunicado, que a tecnologia será usada para dar aos candidatos presidenciais acesso seguro a resultados, enquanto o país luta para esquecer as violentas eleições de 2007 e 2017, que registraram centenas de mortos em todo o país.

Segundo o site CCN, as eleições são um assunto muito disputado no Quênia. Os candidatos se acusam de adulteração de resultados, manipulação e intimidação de eleitores.

O Quênia é conhecido por abrigar um dos centros de tecnologia mais movimentados e bem-sucedidos da África, apelidado de “Silicon Savannah” [em referência ao Vale do Silício, na Califórnia, EUA, que é um dos mais importantes centros de inovação e tecnologia do mundo].

A Blockchain Association of Kenya há tempos defende o uso da tecnologia blockchain nas eleições do país.

Se os planos se concretizarem, o Quênia se tornaria um dos primeiros a adotar blockchain, em nível governamental e se tornaria o segundo país africano a usar a tecnologia em seu processo eleitoral, depois de Serra Leoa, neste ano.

Além das eleições, o Quênia também tem planos para a tecnologia em outros setores de prestação de serviços do governo, segundo o CCN.

O que você acha da Blockchain ser usada nas eleições?

Deixe seu comentário.

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/kenyas-electoral-commission-to-adopt-blockchain-for-enhanced-vote-integrity/

 

Siga nossas páginas nas redes sociais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.