Samoa: Empresas do setor Cripto serão tratadas como financeiras.

mm

O Banco Central de Samoa (CBS), na região da Polinésia, na Oceania, alertou que os indivíduos que promovem criptomoedas no país serão submetidos ao mesmo tratamento que as instituições financeiras.

De acordo com um comunicado emitido pelo Banco de Samoa, quem promove moedas digitais terá que cumprir a legislação existente no país sobre lavagem de dinheiro. Consequentemente, será obrigado a obter as licenças necessárias, como todas as outras instituições financeiras.

“… qualquer pessoa que deseje promover Moeda Digital é considerada, sob a Lei de Prevenção à Lavagem de Dinheiro de 2018, como uma Instituição Financeira”, disse o comunicado. “Isso significa que deve ter uma licença comercial válida emitida em Samoa e é obrigada a seguir os requisitos de relatórios do Banco Central para Instituições Financeiras”.

Ao mesmo tempo, o CBS também alertou que as criptomoedas não possuem um status de moeda no país, necessário para sua aceitação. O Banco Central, consequentemente, aconselhou os investidores a estarem cientes dos riscos que estão assumindo antes de comprar.

“As pessoas que investem em qualquer das criptomoedas o fazem por sua conta e risco”, alertou o BCS. “Não há garantia de que as moedas digitais serão aceitas como meio de troca, ou que elas manterão seu valor.”

O CBS reconheceu, ainda, que a tecnologia blockchain pode ser transformadora, especialmente no setor financeiro. Como resultado, o governo está explorando a tecnologia descentralizada como uma “plataforma para promover a inclusão financeira em Samoa”.

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/central-bank-of-samoa-crypto-companies-will-be-treated-as-financial-institutions/

 

Siga nossas páginas nas redes sociais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.