Starbucks diz que vai “ajudar clientes a trocarem criptomoedas por dólares”.

mm
Cup of coffee with bitcoin symbol on milk foam on workplace

Ao contrário das manchetes dos jornais estrangeiros nos últimos dias, a Starbucks esclareceu que não aceitará pagamentos diretos de bitcoins em suas cafeterias.

Segundo informações do CCN no fim da semana passada, a Starbucks faz parte de um novo empreendimento de criptomoedas com a Microsoft e a Intercontinental Exchange (ICE) apelidada de “Bakkt”, uma plataforma regulamentada de Wall Street que poderia trazer fundamentalmente criptomoedas como bitcoin para o mainstream.

“Estamos colaborando para construir uma plataforma aberta que ajuda a desvendar o potencial de transformação de ativos digitais [criptomoedas como o bitcoin] nos mercados globais e no comércio”, disse a CEO da Bakkt, Kelly Loeffler, após o anúncio.

É um desenvolvimento inovador para o setor de criptomoedas, o suficiente para que o fundador e CEO da ICE, Jeff Sprecher, afirmasse que o bitcoin “tem o potencial de se tornar a primeira moeda mundial”.

Vários meios de comunicação de massa registraram a história sugerindo que a gigante do varejo de café de Seattle começaria a aceitar pagamentos com moedas digitais.

No entanto, a Starbucks esclareceu que ajudaria os clientes a trocarem suas criptomoedas por dólares americanos antes de gastá-los em suas lojas.

Segundo o CCN, um porta-voz disse ao site Motherboard:

“É importante esclarecer que não estamos aceitando ativos digitais na Starbucks. Em vez disso, a bolsa converterá ativos digitais como o Bitcoin em dólares americanos, que podem ser usados ​​na Starbucks.”

A Starbucks enfatizou que teria um papel fundamental no apoio a aplicações de consumidores regulamentados para ajudar a trocar suas criptomoedas por produtos em lojas de varejo.

“No momento atual, estamos anunciando o lançamento da negociação e conversão do Bitcoin”, disse o porta-voz.

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/starbucks-clarifies-coffee-for-bitcoin-media-reports/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.