Time de Futebol de Gibraltar receberá em criptomoedas.

mm

A partir da próxima temporada, os jogadores de futebol de uma equipe em Gibraltar receberão criptomoedas como parte de sua remuneração.

Gibraltar é um território britânico localizado no extremo sul da Península Ibérica, próximo da Espanha. O time de futebol da primeira divisão local, Gibraltar United, está sendo considerado o primeiro grupo esportivo da região a pagar seus jogadores em moedas digitais. Mas a criptoeconomia não é novidade, já que Gibraltar é um dos muitos países que estão aderindo aos criptoativos.

Segundo o site Coinspeaker, o governo introduziu várias regras e regulamentações para empresas que usam a tecnologia blockchain já em janeiro e está atualmente trabalhando em uma estrutura sólida para regulamentar também os ICOs (Oferta Inicial de Moedas).

O Gibraltar United iniciou um acordo de patrocínio com a plataforma de criptomoedas Quantocoin, que resultará em contratos de pagamentos em moeda digital até a próxima temporada. De acordo com o dono da equipe, Pablo Dana, a medida deve fornecer meios para o pagamento de jogadores estrangeiros que lutam para conseguir contas bancárias em Gibraltar.

Ele também enfatizou que o clube, que adota este método de pagamento, tem como objetivo aproveitar ao máximo a simpatia do Estado em relação às criptomoedas, bem como para trazer transparência ao esporte e reduzir a corrupção financeira associada ao futebol.

Gibraltar começou a regulamentar as criptomoedas no início deste ano, trabalhando em uma decisão transparente e de segurança para transações feitas com moedas digitais.

Segundo Dana, Gibraltar “Foi o primeiro local europeu a regulamentar empresas de apostas, 20 anos atrás, quando todos viam essas empresas como horríveis. O território colocou os regulamentos de conformidade e contra lavagem de dinheiro e criou uma plataforma. Agora, Gibraltar tem a possibilidade e capacidade para fazer o mesmo com criptomoedas”.

O anúncio é um ponto de entrada para as moedas digitais no mundo do futebol, que pode se espalhar rapidamente e criar mudanças mais significativas sobre como os contratos e transferências de jogadores são tratados nas principais ligas da Europa. Assim, considerando o exemplo de Gibraltar, outros países europeus podem seguir o exemplo na regulamentação da blockchain.

Fonte: Coinspeaker
https://www.coinspeaker.com/2018/07/30/premium-division-football-team-turns-to-crypto-payments-for-enhanced-transparency/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.