Trabalhadores da Costa Rica podem ser pagos em criptomoedas.

mm
A waving Costa Rican flag in front of the National Theater in San José the capital of Costa Rica.

Os funcionários na Costa Rica podem receber parte de seu salário em moedas digitais e isso não seria contra a lei. Certas disposições na legislação nacional permitem que as empresas paguem aos seus trabalhadores não apenas dinheiro fiduciário (a moeda oficial de um país), mas também bens. Alguns especialistas acreditam, ainda, que os criptoativos podem se encaixar nessa categoria.

A expectativa é de que os trabalhadores da Costa Rica comecem, em breve, a receber uma parte do seu salário em criptomoeda, segundo a imprensa local. A informação foi replicada pelo site News.bitcoin.com. De acordo as notícias e segundo a lei local, não haveria razão para que isso não acontecesse. A legislação do país permite que os empregadores remunerem parcialmente seus funcionários com bens que não são monetários, desde que o salário mínimo legal seja pago em dinheiro. Também desenvolve o conceito de “quase-dinheiro”, ou qualquer ativo que possa ser usado como meio de pagamento e tenha sido amplamente aceito como tal na sociedade.

“Essa é uma tendência que pode se consolidar no país”, disse Rolando Perlaza, que trabalha na Nassar Abogados, um importante escritório de advocacia na América Central. “Esse tipo de pagamento não substitui o dinheiro tradicional ou líquido. Mas poderia tornar-se um incentivo para os trabalhadores, que poderiam decidir se aceitam essas moedas como pagamento por seus serviços ”, comentou o especialista, citado pelo jornal Costa Rica, de acordo com o News.Bitcoin.

O jornal local lembrou que, em outubro do ano passado, o Banco Central da Costa Rica (CBCR) emitiu uma norma que estabelece que as criptomoedas fiquem fora do sistema bancário nacional. O documento também indica que a realização de qualquer tipo de transação comercial com moedas digitais é uma “opção limitada” no país. Junto com isso, o banco central alertou que aqueles que usam criptomoedas assumem os riscos financeiros associados.

Apesar da avaliação da CBCR, esse setor está se desenvolvendo de forma constante nos últimos anos, com um número crescente de comerciantes e outras empresas, incluindo hotéis e demais serviços da indústria do turismo, que estão aceitando criptomoedas como um método de pagamento legítimo. Sem contar que vários caixas eletrônicos de bitcoin surgiram na capital, San Jose, e em outras cidades.

Segundo as reportagens, o país também oferece condições favoráveis ​​para a mineração de criptomoedas, graças às suas fontes renováveis, como energia solar e eólica.

Fonte: News.bitcoin.com
https://news.bitcoin.com/costa-rican-workers-can-be-legally-paid-in-cryptocurrency/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.