Um dos maiores fabricantes de hardware para mineração de Bitcoin (BTC) na China entra com pedido de oferta pública inicial (IPO) na Bolsa de Hong Kong (HKEX).

A Ebang Communication, um dos maiores fabricantes de hardware para mineração de Bitcoin (BTC) na China, entrou com um pedido de oferta pública inicial (IPO) na Bolsa de Valores de Hong Kong (HKEX) nesta segunda-feira.

Uma reportagem da Reuters, em maio, confirmava que a empresa, sediada em Zhejiang, trabalhava com conselheiros em uma bolsa de Hong Kong, buscando arrecadar até US$ 1 bilhão para financiar o crescimento.

O pedido de (25/06) não fornece detalhes sobre quanto a Ebang está buscando para este IPO. No entanto, inclui uma demonstração financeira que afirma que a Ebang faturou 925 milhões de yuans (US$ 141 milhões) em 2017 – um aumento de quase dezoito vezes em relação a 2016.

A Ebang compete ao lado da Bitmain e da Canaan Creative pelo domínio na lucrativa indústria de fabricação de hardware de mineração de criptomoedas na China. Este último divulgou seus próprios resultados não auditados em janeiro, que mostraram um aumento de 600 vezes em seu lucro líquido anual de 410 milhões de yuans (US $ 62 milhões) em 2017 – um número bem abaixo dos resultados da Bitmain, que supostamente estiveram entre US$ 3 e US$ 4 bilhões em lucros operacionais, nesse mesmo ano.

Em maio, o site da Cointelegraph informou que a Canaan Creative havia confirmado planos de começar a negociar seu IPO na Bolsa de Valores de Hong Kong em julho. Fontes disseram à mídia local, na época, que a empresa também estava buscando levantar US$ 1 bilhão.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.