fbpx

Unick Forex ainda estaria em atividade, apesar de proibição da CVM.

mm

Ao que tudo indica, a Unick Forex continua executando serviços por meio da sua plataforma, mesmo com a decisão do colegiado da CVM, que proibiu tal atividade.

De acordo com a Comissão de Valores Mobiliários, os integrantes da Unick Forex “não estão autorizados pela CVM a captar clientes residentes no Brasil, por não integrarem o sistema de distribuição previsto no art. 15 da Lei nº 6.385/76; e (ii) a determinação aos envolvidos [é] a imediata suspensão da veiculação de qualquer oferta pública de oportunidades de investimento no denominado mercado Forex, de forma direta ou indireta, inclusive por meio da página “https://unick.forex” ou de qualquer outra forma de conexão à rede mundial de computadores, sob cominação de multa.”

O documento ainda relata que a Unick alegou às autoridades que “as pessoas físicas e jurídicas que constavam no ato declaratório não realizam intermediação de recursos de terceiros. Ademais, descreveu o modelo de negócios da Unick essencialmente como venda de “conteúdo sobre o mercado financeiro”, em que os recursos angariados são aplicados no mercado financeiro em nome da Unick e os retornos deles obtidos são, em parte, utilizados para remunerar os “parceiros”, em estrutura de marketing multinível.” A empresa afirmou, ainda, que “as acusações…no seu entendimento, seriam infundadas”.

A empresa tinha entrado com um pedido de retratação/recurso em 19 de março do ano passado junto à SMI – Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários, da CVM. Em  13 de novembro, a SMI divulgou um memorando com a posição diante do pedido. E a decisão do colegiado foi proferida em 27 de novembro, proibindo tal atividade.

O texto da CVM ainda informa que “a área técnica [da CVM] mencionou que, mesmo após a publicação do Ato Declaratório, recebeu novas consultas e reclamações que indicavam a continuidade de ofertas de investimentos por parte da Unick e que embora tivessem sido realizadas algumas alterações no site da Unick no curso do processo, passando a divulgar menos informações sobre o modelo de negócios da empresa, o site ainda deixaria transparecer a intenção de captação de recursos.”

No site Reclame Aqui, nos últimos 6 meses, a quantidade de reclamações contra a Unick Forex chegou a 246, apenas 1 não foi respondida pela empresa. A alta taxa de resposta faz com que a empresa tenha uma boa reputação no site. Além disso, 82,1% (desses 246) disseram que voltariam a fazer negócios com a empresa, como mostra a figura abaixo.

A maioria desses comentários é recente, de poucos dias atrás, o que também leva a crer que os clientes continuam fazendo suas operações na plataforma da empresa.

 

Os anúncios da Unick sempre prometem altos ganhos e renda fácil com “risco zero”, como você pode ver nas imagens a seguir.

 

No facebook, o assunto é sempre muito discutido entre os participantes de grupos sobre criptomoedas, como você pode ver a seguir.

Veja a íntegra da declaração do Colegiado da CVM, a seguir, que também pode ser lida neste link:

O site da Unick Forex é apelidado de pirâmide Financeira, por muitas pessoas do mundo cripto. E você, concorda? Qual sua opinião? Deixe seu comentário.

 

 

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
Infochain VIP | Conteúdo Exclusivo em Primeira Mão
Receba em seu e-mail notícias e artigos sobre Blockchain e Criptoeconomia e entenda como essa tecnologia está impactando o mundo.
Não gostamos de spam! E protegeremos seu email como se fossem bitcoins.