fbpx

Vitalik Buterin chama EOS e NEO de “pilhas centralizadas de lixo.”

vitalik buterin

Em uma recente conferência sobre criptomoeda, Vitalik Buterin respondeu a uma pergunta sobre se uma atualização da Ethereum teria “qualquer meta de taxa de transferência de transações”. Buterin aproveitou a oportunidade para falar sobre às alternativas da Ethereum como a EOS, NEO e Tron.

Buterin diz:

“Eu notei muitos equívocos aqui. Porque, tipo, existem muitos projetos de criptomoedas ruins que tentam reivindicar “Ah, porque usamos o BFT sofisticado, podemos fazer 5.000 transações por segundo e a Prova de Trabalho só pode fazer 15. ‘”

Buterin argumenta que o consenso é o que há de mais importante quando o assunto é capacidade de uma blockchain processar transações. Ele continua:

“Há muitos equívocos horríveis dentro disso. Porque o propósito de um algoritmo de consenso não é fazer um blockchain rápido. O objetivo de um algoritmo de consenso é manter um blockchain seguro. […] E a Prova de Trabalho funciona, torna-se inseguro se os computadores gastarem mais do que talvez 10% do tempo realmente minerando e verificando blocos.”

O co-criador do Ethereum, menosprezou os blockchains que fizeram afirmações significativamente mais agressivas quanto ao potencial de volume de transações, dizendo:

“Quando um projeto blockchain afirma que ” podemos fazer 3.500 TPS porque temos um algoritmo diferente “, o que realmente queremos dizer é: ” Somos uma pilha centralizada de lixo porque só temos 7 nós executando a coisa toda.”

O comentário parece se referir especificamente ao NEO, que tem 7 nós de consenso em execução. Enquanto a NEO é uma plataforma blockchain para contratos inteligentes, sua intenção é bem diferente do Ethereum, já que ela não pretende ser “o computador do mundo” da mesma forma que o Ethereum. A NEO também não é minerável e não possui um mecanismo para gerar novas moedas.

Depois de alguns aplausos, Buterin diz que há “maneiras boas e legítimas de fazer um blockchain rápido”. Ele não usa isso como uma oportunidade para suavizar o golpe em plataformas alternativas. Em vez disso, ele diz que as melhores maneiras de fazer um blockchain rápido são as soluções de escala de camadas.

A escala Ethereum tornou-se um tópico de grande destaque durante o boom das ICOs de 2017 e início de 2018. As taxas de transação e os atrasos dispararam durante várias ICOs. A questão é se a rede Ethereum poderia realmente lidar com o aumento do volume de transações como resultado de ICOs foi levantada repetidamente, levando a várias soluções de escala, incluindo algumas acionadas por tokens ERC-20 como o Raiden, sendo desenvolvidas.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
Infochain VIP | Conteúdo Exclusivo em Primeira Mão
Receba em seu e-mail notícias e artigos sobre Blockchain e Criptoeconomia e entenda como essa tecnologia está impactando o mundo.
Não gostamos de spam! E protegeremos seu email como se fossem bitcoins.