Vitalik: Ethereum pode relizar 500 transações por segundo.

mm

O co-criador do Ethereum, Vitalik Buterin, tem um plano para expandir a rede Ethereum para acomodar um aumento de 3.200% nas transações sem o uso de tecnologias de segunda camada, como a Plasma.

Escrevendo em um fórum de pesquisa do ETH em um post publicado nos últimos dias, Buterin disse que o Ethereum pode emprestar a inovação tecnológica das criptomoedas baseada na privacidade da plataforma Zcash, para “validar em massa” as transações do ETH.

Essa tecnologia, chamada ZK-SNARKS, permite que os nós de retransmissão “verifiquem a exatidão dos cálculos sem precisar executá-los” ou “aprenda o que foi executado”, por um post no blog da Ethereum Foundation.

Buterin estima que a integração e adoção de ZK-Snarks permitam processar um máximo de cerca de 500 transações por segundo.

Buterin não é o primeiro desenvolvedor a sugerir que adaptar a tecnologia baseada em Zcash ao Ethereum poderia tornar o protocolo deste último mais robusto. No início de 2017, o CCN informou que um grupo composto por pesquisadores de ambas as organizações havia lançado o “Projeto Alquimia”, uma iniciativa para adicionar provas de conhecimento zero à Ethereum, para ajudar a tornar o protocolo mais anônimo, com um olhar particular para garantir que aplicações de contratos inteligentes, como o voto eletrônico, possam ser executadas de forma transparente sem sacrificar a privacidade dos usuários. Anteriormente, o grupo havia elaborado planos para construir uma corretora de criptomoedas descentralizadas (DEX) que permitissem transações entre as duas blockchains.

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/vitalik-says-ethereum-can-scale-to-500-tx-s-using-zcash-technology/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.