Winklevoss: “Vai levar tempo” para Wall Street entrar no setor cripto.

mm
business success and money concept with bitcoins

Tyler Winklevoss, CEO da corretora de criptomoedas Gemini, acredita que “levará tempo” para a maior parte de Wall Street entrar no setor de criptomoedas.

Os irmãos Winklevoss tiveram seu pedido de ETF de Bitcoin rejeitado recentemente pela Comissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission – SEC) dos EUA.

De acordo com site CCN, a fala foi registrada em uma entrevista dos Winklevoss para a Bloomberg.

ETF é a sigla em inglês para Exchange Traded Funds, que são fundos de índices comercializados como ações. Um ETF Bitcoin significa ter fundos de Bitcoin comercializados na bolsa, o que ainda não ocorre.

A relutância apresentada pela SEC (que reprovou dois pedidos de ETF dos Winklevoss) tem sido encarada por eles como um fator para continuar a crescer, apesar da ausência de investidores institucionais no setor.

O CEO da Gemini, Tyler Winklevoss, disse que os investidores institucionais estão gradualmente se interessando por moedas digitais.

Ele disse:

“Wall Street está levando a sério as criptomoedas. No entanto, a grande maioria das empresas de Wall Street ainda não participa do mercado de criptomoedas, que continua sendo basicamente um mercado voltado para o varejo. Isso vai mudar com o tempo, mas levará tempo.”

Os investidores institucionais ficaram de lado por um tempo, devido à incerteza regulatória em torno das moedas digitais. Os investidores em Wall Street estão esperando que os reguladores esclareçam suas posições sobre os tokens e permitam outros instrumentos financeiros no mercado, como a proposta do ETF Bitcoin elaborada por várias empresas.

Enquanto isso, a Gemini vem fazendo planos para expandir seus negócios de varejo. Nos últimos seis meses, dobrou sua equipe para 150 pessoas em todo o mundo e planeja aumentá-la novamente antes do final do ano. A empresa também conseguiu atrair executivos de tecnologia para a bolsa, trazendo o ex-CIO da Bolsa de Valores de Nova York, Robert Cornish.

Após a negação do ETF dos Winklevoss, os preços das criptomoedas foram atingidos. Especialistas do setor acreditam que o fundo solicitado pelas empresas VanEck/SolidX, apoiado pelo CBoE (Chicago Board Options Exchange), possa ser aprovado. A SEC adiou a decisão para setembro.

Fonte: CCN
https://www.ccn.com/tyler-winklevoss-it-will-take-time-for-wall-street-to-make-crypto-jump/

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.