Zona Econômica das Filipinas emite novas licenças para setor de criptomoedas.

mm
Depicts a chart of a cryptocurrency altcoin rising up with tickers and candles

A Autoridade da Zona Econômica da região de Cagayan (CEZA, na sigla em inglês), nas Filipinas, está em processo de emissão de mais licenças para o setor de criptomoedas. O interesse por autorizações de empresas offshore “superou todas as nossas expectativas”, disse o administrador da CEZA, segundo o site News.Bitcoin. Dezessete empresas já pagaram integralmente as taxas; Mais 19 estão em andamento. A CEZA espera ganhar cerca de US$ 68 milhões com os licenciamentos.

De acordo com a Agência de Notícias das Filipinas, o administrador e chefe executivo da CEZA, Raul Lambino, revelou na semana passada que 17 empresas do ramo de fintech (áreas financeira e de tecnologia) e de moeda digital offshore (nome dado às empresas e contas bancárias abertas em territórios onde há menor tributação) já pagaram integralmente as taxas de pedido e licença para comércio no setor de moeda digital. Além disso, 19 empresas estão em vias de pagar suas taxas de aplicação e autorização.

Na semana passada, a CEZA concedeu uma licença à Liannet Technology Ltd., uma subsidiária do Apsaras Group. Foi a segunda permissão que a CEZA emitiu; a primeira tinha sido para a empresa de Hong Kong, Golden Millennial Quickplay Inc., em junho.

Lambino disse em um comunicado de imprensa nos últimos dias que a receita das taxas até agora “excedeu a receita de 2017 em mais de 50%”, detalhou a agência de notícias. O interesse expresso por empresas offshore para operar com apoio da CEZA “superou todas as nossas expectativas”, acrescentou, observando que as operações de tecnologia financeira devem criar os primeiros 20.000 empregos.

A autoridade Filipina “já arrecadou mais de 200 milhões de libras de empresas de tecnologia financeira offshore, suficientes para aumentar suas receitas totais para pelo menos 340 milhões”, descreveu a publicação, acrescentando:

A CEZA espera ganhar cerca de US$ 68 milhões com a emissão de licenças, além da participação de 0,1% para cada valor registrado nas compras a vendas de moedas digitais registradas.

Recentemente, também houve relatos de que a CEZA estaria lançando sua própria criptomoeda. No entanto, a autoridade teria negado a informação.

Fonte: News.Bitcoin
https://news.bitcoin.com/philippines-economic-zone-crypto-licenses/

 

Siga nossas páginas nas redes sociais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.